terça-feira, 26 de janeiro de 2010

UM ANO DE FELICIDADE



Há exatamente um ano atrás ele deciciu ir na minha casa. Sim! Ele foi no dia 26 de janeiro. Era uma segunda-feira, dia da colação de grau da minha melhor amiga. E eu não fui, pois minha chefe não me liberou. Eu estava arrasada porque não estava participando desse momento tão único na vida da minha amiga. Ainda bem que ela entendeu. Eu estava de emprego novo e não podia pisar na bola no começo.
Então, tínhamos a segunda-feira livre de noite (ainda não estávamos a frente de uma igreja). Pronto. "Luís Fernando, que tal ir a minha casa hoje?", perguntei, como quem não quer nada. "Eu não quero ficar andando de mãos dadas com você sem meu pai te conhecer direito e saber sobre suas pretenções para comigo", bradei com cautela, é claro.
Eu nunca fui de ficar namorando escondido. Meus relacionamentos (quase todos), nem foram muitos assim, sempre foram acompanhados de perto pelos meus pais. E por incrível que pareça, ainda nem tínhamos nos beijado direito. Sim, isso é verdade! Pasmem! Mas o respeito era tão grande entre nós, e ainda é, que o Luís Fernando tinha receio de fazer isso (temos muitas razões para isso, ou melhor, tínhamos...rs).
E então, a grande noite. Ele foi lá pra casa. E todo sem jeito e envergonhado conversou com meu pai.
Não para minha surpresa, meu pai o adorou (já tinha estado com ele uma semana antes, quando eu o levei para o sítio) - essa foi uma grande loucura, pois a gente nem tava namorando ainda e eu o levei para conhecer amigos e família no mesmo sítio que vamos casar! - e logo disparou: "Crente não namora muito tempo. Vocês têm que se acertar e logo casar, hein?". Ai que vergonha!
Mas deu certo. Já estamos com a data marcada. Será em novembro deste ano, dia 6, a cerimônia que dará início a uma nova vida de duas pessoas que estavam esperando a vida inteira para se encontrar.
Estou feliz e quase realizada. Estarei no dia 6 de novembro completamente realizada, se Deus assim o permitir.
Detalhes de nós dois? Não compete. Eu nem gosto de falar muito sobre minha vida pessoal no blog. Não gosto de misturar as coisas. Só fiz o post porque comemorar um ano de muita felicidade merece mais que um post, merece um campanha inteira de publicidade.

4 comentários:

Lilian disse...

Que linda história de amor... #amo! e ainda mais assim sob a direção e os cuidados de Deus...perfeito! Com certeza cheia de motivos p/serem felizes, realizados e abençoados por toda vida!!!

Bjinhossss
Lili - aqui tbm... rs
amo vc em Jesus!!!

Tatá disse...

É..qdo Deus está no "negócio" não tem armadilhas, invejas, olhares contrários que afastem o grande Amor de Deus para conosco.
Creio que Deus tem uma obra maravilhoda, um chamado para vcs, como casal. O motivo de se darem tão bem, nos mostra isso. Que mesmo trabalhando juntos, morando na mesma cidade(já que meu amor mora em outra..rs) e se completando em tudo, são sinais que indicam o que Deus tem de melhor para vcs.
Fico feliz em ser citada, mesmo que indiretamente...rs (a amiga da Colação de Grau...rs), e fico ainda mais satisfeita em saber que minha melhor amiga (a amiga q mesmo com a falta de tempo, está sempre perto de mim em pensamento) me considera tanto, a ponto de me colocar como sua dama de honra, vale dizer, a única que não é da família...me sinto imensamente privilegiada...só tenho a agradecer a Deus por ter proporcionado td isto para minha amiga e, indiretamente, a mim. Deus abençoe grandiosamente. Vcs merecem!!!Parabéns.

André Wilson disse...

aaaaaaaaaaaaaaaaa que história Linda!!! Naine vc merece td de bom!!! Parabéns pelo seu Niver de Namoro, e em breve Vem o "DIA DA NOIVA" rsrsrsrs Que Deus ti abençoe muito!!! Bjs

Há...e Luiz,cuida bem da minha cantora hem!? kkkkk

Quasar disse...

que linda voce! to feliz! e vou estar lah no dia!!!