sábado, 20 de fevereiro de 2010

O retiro foi além das expectativas












n





"Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus".
Eu posso resumir o retiro com essa frase. Nosso primeiro retiro de jovens da Assembleia de Deus - Nova Angra 1 - Ministério Sul Fluminense foi além das expectativas. Foi maravilhoso e indescritível. Voltamos de lá renovados e transformados pelo poder de Deus.
Sim, pois não foram apenas manifestações exporádicas do Espírito Santo, mas sim a Sua presença constante em cada programação. Desde as consagrações e estudos bíblicos, às dinâmicas, horários livres, almoços, gincana, lanche, cultos e festas. Em tudo, simplesmente tudo, Deus se manifestou naquele sítio.
Desde o início, a luta foi intensa para que o retiro não se tornasse realidade. Em vários aspectos sentimos o agir do maligno para impedir. O desânimo, a insistência, a voluptibilidade das pessoas, a inconstância das decisões, a falta de dinheiro, o preço do sítio (que era absurdamente caroooo), enfim (como diz meu "amor"), tudo foi motivo para voltarmos para trás.
Mas lembro-me de uma palavra que dei em um ensaio, em umas três semanas antes do retiro, quando o cancelei pela desistência de muitos. Eu disse que mesmo sem retiro, levaria alguns jovens comigo para onde eu fosse, porque sabia que precisariam ser retirados do mundo nessa época de folia descontrolada.
No dia seguinte um jovem me chamou no rádio e contou que Deus o incomodou sobremaeira durante a madrugada e informou que teria uma quantia em dinheiro para doar para completar no valor do aluguel do sítio. Eu pulei no meio da rua e chorei, porque sabia que Deus estava no controle e queria que tívessemos o retiro. Claro que Ele queria, pois estava ansioso para falar a sós conosco. E como Ele falou...
Depois disso, Deus nos provou de diversas maneiras... Até que na semana do retiro a lista de retirantes não parava de aumentar, até que tive que dizer: NÃO HÁ MAIS VAGAS! Glória a Deus! Vocês tem noção do quanto foi prazerozo e triste ter de falar isso? Prazerozo porque nosso objetivo de 40 pessoas havia sido alcançado, e triste porque queríamos ter mais espaço e levar mais gente.
Lá, Deus nos ensinava em todas as coisas. Na nossa convivência ao lidar com o defeito do outro, no nosso temperamento sanguíneo, fleumático, colérico e melancólico, no nosso desejo de servir ou não o irmão, no nosso espírito esportivo, na nossa adoração, na nossa liberdade de culto, no nosso divertimento... Deus se manifestava nas pequenas coisas e nos fez refletir sobre acima de tudo, o amor.
Os estudos foram maravilhosos. Desde o primeiro dia, quando Deus usou o pastor Eli (meu pai) para falar sobre comunhão e a Paula sobre a restauração dela, no dia seguinte. No dia em que ministrei, falei sobre a tentação e foi além do que eu imaginei. No último, o Pr Robson Camilo, que veio do Rio para ministrar, foi usadíssimo por Deus para falar do nosso chamado.
Nos cultos da noite, nem se fala. Meu Deus... A presença de Deus era muito forte. Em todos os dias sentimos algo sobrenatural.
Na gincana, Deus nos mostrou nossa falta de amor e compreensão e nos mostrou que já somos vencedores e vitoriosos acima de qualquer competição. Além dos talentos revelados e de jovens, que como o Mateus, saíram da casca bonito!
Nas nossas festas nos divertimos com ordem e decência na presença do Pai e comemos muito.
As equipes das escalas, que preparam os cafés-da-manhã, os almoços, os lanches e jantares, se esmeraram em fazer o melhor e nos sentimos em verdadeiros banquetes reais, todos os dias, sem exceção.
Deus nos presentou com uma piscina, hidromassagem, um campinho para jogar volei e futebol, uma cachoeira e muito mais... até forno para pizza tivemos! Deus é detalhista conosco!
Todos os retirantes, sem exceção eram maravilhosos. Nossas visitas, como a Jozy, a Jacky, a Márcia, Celinha, Juju, Kelly e Kátia, foram verdadeiros presentes pra nós e nos alegraram e muito com os testemunhos.
Na árvore do propósito depositamos nossos anseios e desejos e creio que todos foram supridos no Senhor, ali. Digo isso por mim, porque fui respondida diretamente pelo Senhor, que falou comigo, como há muito tempo, tremendamente!
Já temos muitos testemunhos para contar, como o da Ana Paula e do seu esposo, Beto. Deus mudou a sorte desse casal durante aqueles dias!
Nosso desejo é que outros retiros, ainda melhores do que esse primeiro, se é que isso é possível, venham! Ainda estou cansada, fisicamente, mas cheia de gás, para continuar seguindo avante em tudo que o Senhor ministrou ao meu coração durante aqueles quatro dias. Tudo o que aconteceu fez juz ao tema "Grandes coisas estão por vir", e experimentamos uma pequena porção da glória do Senhor..."Não conseguiremos ficar de pé, tamanha é a glória sobre nós".

6 comentários:

Jônatas Castro disse...

Só te digo uma coisa, Elaine!

"DEMASSS!"

Hévellin (Miminha, rs) disse...

Nossa, chorei ao ler esse post sobre o retiro.
Quando eu 'ouvir' você comentar, aqui no blog, no twitter sobre esse retiro, de longe eu já senti que aconteceria algum sobrenatural. Até comentei aqui em casa que queria ir, por que preciso muito (mais muito mesmo) dessa presença, dessa unção, desse óleo que foi derramado em cada um de vocês. Fico com o meu coração alegre em ver que se buscarmos mesmo a Deus com todo o coração e prazer de nossas vidas, conheceremos um Deus que acima de tudo e de todos Ele é, e sempre há de Ser. E que quanto mais buscarmos, mais Ele se mostrará a nós.
Estamos vivendo o inicio das tribulações e muitos ainda estão desapercebidos. Hoje mais do que nunca (nós, a Igreja), precisamos estar focado, exatamente no centro da vontade de Deus. E é onde eu quero estar todos os dias da minha vida, enquanto eu respirar.
Parabéns pelo importantíssimo trabalho, parabéns a todos envolvidos. Lindo trabalho!
E no próximo eu quero estar, sem dúvida alguma! Rs. =)

beijo grande Elaine.

Psicologia e Arte disse...

Deus nos prepara algo especial, quando nos primeiramente nos dispomos a fazer algo especial para nosso próximo. Obrigado pelo carinho e amor com que planejastes cada detalhe deste retiro.

te amuuuuuuuuuuuuuu

Nath disse...

"Eu disse que mesmo sem retiro, levaria alguns jovens comigo para onde eu fosse, porque sabia que precisariam ser retirados do mundo nessa época de folia descontrolada."
Isso tem nome. Se chama egoísmo. Você acha que Jesus, nos dias se hoje, se 'retiraria' do mundo quando ele mais precisa dEle? Os nossos jovens de hoje estão se tornando egoístas, pois ao invés de irem buscar almas, apregoar o evangelho, buscar os feridos no meio de tanta prostituição e drogas, eles estão no meio do mato dizendo estar se retirando do meio do pecado. IDE E PREGAI O EVANGELHO A TODA CRIATURA. A qualquer hora, em qualquer lugar. ESSE É O REAL AMOR DE CRISTO.

Elaine Castro disse...

Querida Nath,
Entendo sua fome e necessidade de evangelizar... pq eu tbm sinto isso.
Entendo sua forma de pensar qto ao fato de jovens estarem retirados no meio do mato enquanto vidas estão morrendo e perecendo no mundo lá fora.
Eu não sei se vc já participou na sua vida de carnaval, se é evangélica desde pequena, ou se converteu e teve q largar tudo lá fora.
O fato é que para cada situação existe uma razão.
Eu tenho jovens no meu departamento que acabaram de sair do mundo e foram recuperados de drogas. Que estão vivendo coisas novas agora em Deus. Que não querem viver nada que os lembre a vida de pecado que viviam e estão desesperados para terem experiências com Deus e viver na essência o que seria COMUNHÃO com os irmãos.
O retiro acontece no carnaval pq é uma data em que temos um feriado prolongado e temos tempo de preparar uma boa programação.
EU não posso simplesmente colocar no meio do fogo pessoas que acabaram de sair dele e não tem embasamento nenhum conhecimento para apagá-lo.
EU não posso sair no meio de uma bagunça, que é o carnaval de rua, e obrigar pessoas que estão ali, porque querem dançar e pular e beber, a receberem um folheto, e misturar o santo com o profano e cantar... entra na minha casa, entra na minha vida.
A nossa igreja permaneceu aberta todos os dias, e quem quisesse ir adorar a Deus no templo, e não tivesse viajado, ou não quisesse curtir a bagunça de carnaval, poderia ir, assistir a um culto. Quando eu falei "que mesmo sem retiro, levaria alguns jovens comigo para onde eu fosse, porque sabia que precisariam ser retirados do mundo nessa época de folia descontrolada.", eu sabia do que tava dizendo, pq sei que se alguns jovens ficassem em casa, de dia indo a praia e, mesmo que marcasse um "evangelhismo" a noite, o telefone deles tocariam com mtos convites para que participassem dessa folia descontrolada. Mtos ainda não estão preparados para dizer não e poderiam cair, como acontece com mtos.
O nosso retiro não foi fechado para crentes. Levamos, inclusive, uma querida moça chaamada Kátia, que tem frequentado a igreja, mas não tinha se convertido ainda. Lá, ela experimentou o poder de Deus, comunhão com os irmãos e uma felicidade plena, sem drogas e bebidas. Sabe o que ela me disse no final: "Elaine, mto obrigada por ter me deixado vir. Foi o melhor carnaval da minha vida!" Vc sabe o que significa isso? Certamente não, amada, se não nem teria escrito o que escreveu.
E só para reforçar... esses mesmos jovens realizam, todo domingo, às 22h, um trabalho lindo em uma praça de minha cidade, que fica lotada de jovens e adolescentes que se drogam. Esse trabalho fazemos após o culto na igreja. Vamos com folhetos, distribuímos em toda a praça e convidamos as pessoas para participarem com a gte de um momento de louvor... As pessoas vêm, fazemos uma meia roda, levamos o violão e cantamos... umas quatro músicas. Depois, uma palavra rápida, objetiva e evangelística. A cada domingo, pelo menos três almas aceitam a Jesus e uma multidão vem receber oração.
São desses jovens que vc tá falando? Esses que são os egoístas? São desses jovens, que saem todo domingo às 13h30 para evangelizar e visitar no bairro em fica nossa igreja, que você tá sem nenhum conhecimento, dizendo que não pregam e vivem o real amor de Deus?
Pense minha querida, antes de falar... Melhor, venha nos conhecer, certamente seu conceito vai mudar!
Deus a abençoe e a perdoe pelo seu julgamento falso ao nosso respeito.

Quel disse...

Ahhh como eu gostaria de passar pelo menos um diazinho desses com vcs, deve ter sido deliciosoooo...
Beijos amiga!!