sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Vibe?




Hoje, aqui, no meu trabalho, um colega chegou contando sobre sua experiência na noite passada. Contou que foi para uma boate e chegando lá, viu que quase não tinha ninguém. Então ele pegou suas coisas e foi para outra boate, que estava bem mais cheia.
Ele adora tomar absolut (Absolut é uma marca de vodca sueca fundada em 1879 por L.O. Smith na pequena cidade sueca de Åhus. Revolucionou a fabricação de vodca por meio do processo de destilação contínua.), que é uma bebida bem cara, por sinal.
Chegando lá, ele comprou umas garrafas (já estava em falta, mas segundo ele, quem tá na VIBE tem direito...). Como assim?
É, ele disse que é meio que especial na balada e o cara libera pra gente como ele.
Ele começou a beber e um "mulherão", que ele diz ser linda, inspetora de solta, anda de cherokee, tem uma tatuagem linda nas costas com tinta japonesa, é loira, com situação melhor que a dele,..., que começou a puxar assunto e rolou. Eles ficaram.
...
Algumas horas depois, a porradaria estancou do lado de fora da boate. E não eram homens. Eram mulheres e amigas do tal "mulherão", que ele disse que estavam se batendo por ele. (Hein?!) Ela ficou chateada e ele disse que a cena era louca porque tinha filha batendo na mãe e mulher arrancando cabelo uma da outra. Tudo porque rolou, segundo ele, alguma parada mais pesada lá dentro. Estavam todas drogadas e muito loucas.
...
Daí, ele mesmo começou a questionar: "Fico horrorizado dessa galera de hoje. Esses jovens que se metem em muita parada errada. Essa parada de droga é a descida do inferno."
???
...
Eu, é claro que não me calaria, disparei: "Ah, e o absolut que você bebe? Não é droga, não? Tudo bem que é lícita, mas é droga!"
"Ah, não é não, pow!" Ele começou a comparar com o efeito da cerveja que não o deixa bêbado e por isso ele não bebe, e ainda começou a explicar. "Cerveja é bebida de pobre. Eu bebo absolut por várias razões. Primeiro porque é uma bebida cara e por isso não posso beber todo dia. Então é uma tática para beber poucas vezes no mês."
???
...
Ele insistia em dizer que detesta essa "parada de droga". "Pow, essa galera só curte com droga. Tá lá, na boa e tal... De repente vai pro cantinho, volta e fica a noite toda como zumbi...".
Nessa hora meu coração se apertou porque imaginei amigos meus nessa situação. E meu marido começou a falar com ele. "Cara, imagina seus rins daqui há uns anos como vai estar por causa de vodka". Ele disse que bebe com redbull e gelo.
(Esse mesmo cara, em outubro passou muito mal e ficou de licença médica durante uns 3 meses por causa do ritmo de vida que levava. Só na coca, red bull, absolut, hamburger, batata frita, noites mal dormidas...)
"Ah, Luisinho, eu sei pow, minha família tem problema de bebida. Meu irmão, meu pai, mas eu sei a hora de parar... Ainda to com efeito de redbull no corpo"
...
Daí, ele começou a me explicar que só bebe bastante umas três vezes a cada dois meses e que aproveita o fato de beber absolut para observar a "night".
"Elaine, é muito esquisito e legal. Eu tiro vantagens em beber absolut. Na "vibe", é como que você atraísse as pessoas (mulheres) pelo que você bebe."
Eu deixei que ele explicasse tudo.
"Eu vejo que tipo de mulher tem na área. Se ela é vampira e tal, só vem atrás de você pra você pagar bebida pra ela. A mulher que fiquei ontem não era assim. Eu paguei 300 contos e ela pagou 100 no cartão de crédito."
... (TUDO EM BEBIDAAAAAAAAAAA!)
Ele acabou de entrar de novo aqui na sala, para contar a história toda para outro colega e disparou: "Estou zerado de grana, mas..."
Nem vou completar o que ele disse.

Fico arrasada com essas histórias que ouço sempre de pessoas como ele.
Essa época do ano é muito complicada. O verão é um chamariz para os jovens que querem mais é curtir, sem pensar no dia de amanhã.
As tribos da night sufocam as pessoas e fazem com elas, na verdade, não sejam quem realmente são. Tudo para agradar e atrair gente com $ (na verdade, eles pensam que têm... mas todo mundo se engana).
Ele disse isso, ainda, que me marcou: "É tudo um jogo de interesse".
Uau! É BBB da vida real.
Quantos jogadores nós temos nessa vida, hein? Diversos tipos, cores, jeitos...
Que falsa felicidade. Que falsa identidade. Que falta de amor, que falta de amigos verdadeiros. Que vazio dentro do coração. Que falta de Jesus.

Eu tiro a conclusão que vivo na VIBE. Eu perguntei no meu Twitter o que era vibe e um pessoa respondeu assim VIBE: tá no clima, é pra frente, ousado, super legal essas coisas e coisas assim.
Eu sempre to no clima. Sou pra frente e sou ousada (como sou!). Ah, sou super legal e não preciso de ABSOLUT e nem DROGA nenhuma para ter felicidade plena.

8 comentários:

Laís Vilela disse...

Adorei...
Eu também estou SEMPRE no clima, minha vibe é outra e não preciso me iludir em drogas(lícitas ou não!)para estar feliz!
Beijocas♥

Jônatas Castro disse...

\o/

Natália Pessanha disse...

Arrasou Elaine...
Triste é saber, que ainda tem muita gente que acha o máximo levar este tipo de vida adiante, se é que conseguem levar. Mas vc disse tudo... entao eu digo TO NA VIBE também, tenho JESUS...com Ele nao tem tempo ruim, nao tem alegria momentanea... é em todo tempo!

Assino embaixo!!!!

Beijoos...

Lilian - SJC disse...

ah! gostei desse post... é triste a realidade de muitos jovens hj... triste mesmo... uma vida de mentiras e ilusões!!!Mas nós temos a verdade e a vida... JESUS!!! e Ele sempre está batendo na porta(coração) da sua casa(vida) querendo entrar... depende muitas vezes da nossa própria renúncia e deixá-lo entrar para viver uma verdadeira VIBE... Viver o amor de DEUS nos completa por inteiro... Nos deixa na VIBE TOTAL... Uhuuuuu.... Bjs

Anônimo disse...

Esse cara ai da estória tem outro ''pobrema'' metade ou talvez tudo seja o famoso K-Ô de night...Talvez ele não passou nem da primeira balada vazia e voltou pra casa, parou no 24h da rodoviaria velha, comeu uma coxinha passada e foi durmir...inspetora de solda...cherokee...tinta japonesa...privilégio pra comprar absolut...hummm, sei não! é o famoso kaôzeiro, chega contando a maior vantagem e fala muitos detalhes...e ainda tem gente que cai...kkkkkkkkkkkk...mas a verdadeira moral da estória não para aí, realmente vagabundo tá passando dos limites...mas é isso ae a tendência é só piorar, até que...BUUUUUUUUUMMMMMMMMMM e acabou o mundo! kkkkkkkkkkkkkk...quem tiver dinheiro pra ir pra Marte vai se dar bem!
''Malandro é malandro e mané é mané'' já dizia o saudoso poeta Bezerra da Silva que zoou a vida toda, mas no final aceitou Jesus como único e suficiente salvador.

Hállan Nunes Lara disse...

Mas uma vez vc arrasou, e se deixou se usada pelo Espirito de Deus! A realidade dessa vida vazia é mais comum q pensamos, os sorrisos falsos e as gargalhadas vazias tem cada dia feito mais parte da nossa juventude. O mundo implora ajuda mas naum aceita ajuda, busca a felicidade mas dá as costas pra verdadeira felicidade.Vou indicar esse post pra td mundo, e falar q naum precisamos de "onda" pra sermos preenchidos, e q o mundo precisa beber da Água da Vida, pois quem VERDADEIRAMENTE(se vc ainda tem sede, é pq vc naum bebeu verdadeiramente) nunca mais terá sede !

Anônimo disse...

Eu gostei muito desse post Elaine...vc colocou td aquilo q vc sente, td q vc conquistou. Eu apoio vc nesse post de Adoração nas Assembleias de Deus... Estamos em um novo tempo, em uma nova história...e tem igrejas q querem segurar, querem prender a verdadeira adoração...Como Davi que dançou quando ele si alegrou com Deus, como Mirian q dançou de alegria ao atravessar o mar vermelho. a Biblia ñ condena aqueeles q si alegram de corpo,alma e espirito. Gostei muito, mais muito mesmo do seu post, vc ta di parabéns...fiquei com o coração partido por vc si despedir da Equipe de Louvor O NOVO DE DEUS, espero q eles continue louvando e adoração a Deus.Abraços Fortes Naine

marcelaanjos2010 disse...

Oi Elaine.
Concordo plenamente com esse post sobre disciplina.Quantas vezes já fui julgada pela minha aparência. OS USOS E COSTUMES E O NOVO TESTAMENTO
Não há no Novo Testamento uma doutrina a respeito de usos e
costumes. Encontramos algumas considerações dos apóstolos
Pedro e Paulo sobre o assunto, à título de princípios
norteadores às igrejas.
O Apóstolo Pedro em sua primeira carta escreve: "Não seja o
adorno da esposa o que é exterior, como frisado de cabelos,
adereços de ouro, aparato de vestuário". "Seja, porém, o
homem interior do coração, unido ao incorruptível trajo de um
espírito manso e tranqüilo, que é de grande valor diante de
Deus". Pois foi assim também que a si mesma se ataviaram
outrora, as santas mulheres que esperavam em Deus, estando
submissas a seu próprio marido"(1Pe 3.3-5).
Ora, o apóstolo está dirigindo uma palavra específica as
mulheres casadas e em nenhum instante do texto, há uma
ordem direta de proibição. Os usos e costumes citados servem
para demonstrar a superioridade dos valores espirituais em
relação a aparência exterior, de caráter transitório.
O ensino de Pedro harmoniza-se com as admoestações de
Paulo(1Tm 2.9). Este recomenda que as mulheres usem trajes
decentes e se ativiem com modéstia e bom senso.
Assim, as expressões modéstia e bom senso, sintetizam a
concepção neo-testamentária.
JESUS E OS USOS E COSTUMES
A preocupação de Jesus em seu ministério foi de fazer
conhecida a vontade Deus, realizando o plano da salvação. Seu
ministério era tríplice: pregação do reino de Deus, ensino da
palavra, cura espriritual e física. Jesus Cristo não estava
preocupado em criar obstáculos ao crescimento do reino de
Deus, estabelecendo normas sobre costumes a serem seguidos
pelos seus discípulos, pelo contrário, em Mt 15.1-20 e Mc 7.13,
Ele censura os fariseus que queriam com suas tradições
invalidar a palavra de Deus, através de seus legalismos.
Mil beijos fique com Deus!